Mostrando postagens com marcador Luiza Neto Jorge. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Luiza Neto Jorge. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 29 de maio de 2012

Os loucos muitos
é a mão do sol
que lhes coça a cabeça
lhes estende o lençol

Passam coruscantes
com os seus cães atrás
a fazer os recados
que ninguém faz

Ou presos da miragem
à tarde estão
de cócoras redigindo
o pó do chão


Poesia, Luiza Neto Jorge em